IMTEC Internacionalização
Designação do projeto | IMTEC INTERNACIONALIZAÇÃO
Código do projeto | CENTRO – 02 – 0752 – FEDER – 001631
Objetivo principal | Reforço da competitividade das pequenas e médias empresas
Região de intervenção | Centro
Entidade beneficiária | IMTEC – Indústria moldes técnicos, Lda.

Data de aprovação | 11-11-2015
Data de início | 01-09-2015
Data de conclusão | 31-08-2017
Custo total elegível | 434.800,00 EUR
Apoio financeiro da União Europeia |
FEDER – 195.660,00 EUR

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:

1 – Implementar métodos de controlo de produção inovadores e significativamente melhorados, através de investimentos em novos equipamentos, no desenvolvimento de novas técnicas de controlo do processo de fabrico e utilização de novos softwares, aumentando o contributo para a cadeia de valor com o objetivo de aumentar significativamente o Volume de Negócios;

2 – Reforçar a capacitação empresarial através do desenvolvimento de novos modelos empresariais e métodos de organização nas práticas comerciais e nas relações externas, por meio da criação de um departamento de internacionalização;

3 – Incrementar a sua capacidade de internacionalização através de ações de prospeção e participação em feiras que possibilitem um maior conhecimento do mercado externo, promovendo o aumento das exportações e o seu reconhecimento internacional;

4 – Apostar na inovação organizacional, aplicando novos métodos e processos organizacionais, por meio da implementação e certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade;

5 – Incrementar a competitividade, flexibilidade e a capacidade de resposta da IMTEC no mercado global, por meio da contratação de recursos humanos altamente qualificados.

6 – Valorizar os Recursos Humanos através da implementação de projetos específicos de formação-ação tendo em vista o desenvolvimento de:

  • Novas técnicas de controlo de qualidade e reforço das competências individuais;
  • Novas práticas comerciais;
  • Implementação de Sistemas de Gestão da Qualidade.

7 – Contribuir para a sustentabilidade do desenvolvimento regional, através de práticas de eficiência energética e ambientais.